top of page

Representantes da Mangueira chegam hoje à final da disputa para Rei Momo e Rainha do Carnaval 2024

Rei Momo e Rainha do Carnaval 2024 serão conhecidos nesta sexta-feira (1/9)

Por Renata Rodrigues


Foto: JM Arruda

Acaba hoje às 18h a votação popular para Rei Momo e para Rainha do Carnaval 2024. E a Estação Primeira de Mangueira tem representantes nas duas categorias. A grande final também ocorre nesta sexta-feira (1º), na Cidade do Samba. O evento é gratuito, começa às 18h e terá show de Diogo Nogueira.


Kaio Mackenzie é o representante da Estação Primeira de Mangueira no concurso para Rei Momo do Carnaval de 2024. Há 14 anos na agremiação, deu seus primeiros passos através das suas tias, que foram baianas da verde e rosa. Desde 2017 faz parte da ala de passistas da Mangueira.


“É uma honra e uma felicidade sem fim poder concorrer à corte representando a Mangueira. Sempre foi um sonho pessoal e é uma honra gigante poder levar comigo a força de uma comunidade aguerrida, que luta diariamente por seu lugar na sociedade com o sorriso no rosto. É um orgulho e uma responsabilidade, pois, Mangueira não cabe explicação”, explica o candidato.


No concurso que vai escolher a Rainha do Carnaval 2024 a representante da Estação Primeira de Mangueira é Bruneca, 18 anos, bisneta do compositor e baluarte da verde e rosa Preto Rico. Ela iniciou a sua trajetória na folia na Mangueira do Amanhã em 2015. Posteriormente chegou ao posto de primeira princesa da escola mirim. A estreia na ala de passistas da Mangueira veio em 2023. 


Sobre a Estação Primeira de Mangueira:

O Grêmio Recreativo Escola de Samba Estação Primeira de Mangueira (ou simplesmente Estação Primeira de Mangueira) é uma tradicional escola de samba brasileira da cidade do Rio de Janeiro conhecida e admirada em todo o planeta. A agremiação, que tem nas suas cores (verde e rosa) uma de suas marcas registradas, acumula 95 anos de glórias e de histórias e é uma das mais importantes instituições culturais do Brasil. Seus símbolos, o surdo, a coroa, os ramos de louros e as estrelas podem ser vistos na bandeira da escola. Tornou-se um celeiro de bambas que despontou e inspirou lindas obras decantadas em todo o mundo. Foi fundada em 1928, no Morro da Mangueira, pelos sambistas Carlos Cachaça, Cartola, Zé Espinguela, Tia Fé, Tia Tomásia, entre outros. Sua quadra está sediada no bairro do mesmo nome. Detém vinte títulos do carnaval. Atualmente, é presidida por Guanayra Firmino, primeira mulher eleita presidente da Mangueira. (https://mangueira.com.br/)

댓글


dba36d_ed1833afb2024b58a83564e5ff3597ff_mv2.png
20230401_140001.png
bottom of page