top of page

Parceria entre Acadêmicos do Salgueiro e Re:wild no Carnaval 2024: Cultura e Conservação unidas em defesa da Amazônia

Foto: Davi Kopenawa e Tia Glorinha, presidente da Ala das Baianas, em visita ao Morro do Salgueiro - Outubro de 2023 - Ewerton Pereira

O GRES Acadêmicos do Salgueiro e a ONG internacional Re:wild anunciaram nesta quinta-feira, 1º de fevereiro, uma parceria em apoio ao manifesto em prol dos povos originários da Amazônia e a preservação da maior floresta tropical do mundo, grande pauta levantada pela agremiação e que será apresentada na Marquês de Sapucaí durante os desfiles de 2024.


A parceria o Salgueiro e a prestigiada ONG Re:wild no Carnaval 2024 representa um marco significativo na convergência entre cultura e conservação ambiental. Em um momento em que a Amazônia enfrenta desafios urgentes, incluindo a degradação ambiental e as violações dos direitos dos povos indígenas, essa colaboração se destaca como um esforço conjunto para sensibilizar e mobilizar recursos em defesa da floresta e de suas comunidades.


O enredo "Hutukara", idealizado pelo carnavalesco Edson Pereira junto ao enredista Igor Ricardo, transcende o aspecto festivo do Carnaval, transformando-se em um poderoso manifesto de alerta sobre a situação crítica enfrentada pelo povo Yanomami e pela Amazônia como um todo. Inspirado no livro "A Queda do Céu" de Davi Kopenawa, líder yanomami, o enredo não apenas celebra a riqueza cultural e espiritual desse povo, mas também destaca os desafios e perigos impostos pela ação predatória de garimpeiros e outras atividades ilegais na região.


Nesse contexto, a presença e o apoio da Re:wild assumem um papel crucial. Como uma organização dedicada à proteção e restauração da natureza, a Re:wild já demonstrou seu compromisso com a Amazônia brasileira desde os devastadores incêndios de 2019. Através do Amazon Fire Fund, em colaboração com Leonardo DiCaprio e a Earth Alliance, a organização concentrou seus esforços em várias frentes, desde o apoio a iniciativas locais de conservação até o suporte político e jurídico aos povos indígenas em sua luta pelos direitos territoriais.


No Brasil, o trabalho da Re:wild vai além das iniciativas de conservação, englobando também a defesa dos direitos dos povos indígenas, como os Yanomami. Desde o estabelecimento e gestão de áreas protegidas até o apoio à titulação de terras para comunidades tradicionais, a organização atua em diversas frentes para garantir a preservação da biodiversidade e o respeito aos modos de vida tradicionais.


Assim, a presença da Re:wild como parceira do Acadêmicos do Salgueiro neste Carnaval não apenas fortalece a mensagem do enredo "Hutukara", mas também evidencia o poder transformador da união entre arte, cultura e conservação na luta pela proteção da Amazônia e de seus habitantes. É um apelo à ação, tanto dentro quanto fora da passarela, em defesa de um dos tesouros mais preciosos do planeta e das comunidades que dependem dela para sua sobrevivência e bem-estar.


Comments


dba36d_ed1833afb2024b58a83564e5ff3597ff_mv2.png
20230401_140001.png
bottom of page