top of page

Brahma será a cerveja oficial do Rio Carnaval nos próximos três anos

Além de exclusividade no Sambódromo, acordo com a Ambev prevê ativações nas quadras e benefícios para as escolas de samba


Foto: Divulgação

O Rio Carnaval e a Brahma fecharam uma parceria que vai beneficiar diretamente os sambistas na preparação para os desfiles. O acordo, anunciado nesta sexta-feira (1º) durante coletiva de imprensa realizada na sede da Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro, prevê ativações nas quadras e iniciativas para o fortalecimento do espetáculo durante os próximos três anos. Com o patrocínio, a marca terá exclusividade no Sambódromo, sendo a cerveja oficial do maior espetáculo da Terra.


"Essa é uma grande conquista para o mundo do samba. Trata-se de uma marca consolidada no mercado, a número 1 dos sambistas, que chega para trazer não só benefícios financeiros para as escolas de samba produzirem os desfiles, mas também para fortalecer ainda mais a credibilidade do Rio Carnaval, que vem crescendo e evoluindo a cada ano. E não vai parar por aí. Até o Carnaval 2024, ainda teremos mais surpresas", comemorou o diretor de Marketing da Liesa, Gabriel David.


Durante o encontro com jornalistas, foram apresentadas em primeira mão as latas de Brahma, personalizadas nas cores dos pavilhões de cada agremiação. Elas serão comercializadas nas quadras das escolas de samba, no Sambódromo e em outros eventos carnavalescos. Também serão realizadas campanhas de publicidade promovendo a parceria e os desfiles em diversos pontos da cidade.


"É muito importante para a gente viver esse momento, principalmente porque Brahma tem história no Carnaval. É uma marca que nasceu no Rio de Janeiro e já teve, inclusive, o nome da Sapucaí no seu primeiro rótulo", contou a gerente regional de marketing da Ambev no Rio de Janeiro, Marina Rech.


Os desfiles das escolas de samba do Grupo Especial acontecem no próximo ano nos dias 11 e 12 de fevereiro, com as seis melhores colocadas retornando no sábado das campeãs, dia 17, na Marquês de Sapucaí.

Comments


dba36d_ed1833afb2024b58a83564e5ff3597ff_mv2.png
20230401_140001.png
bottom of page