top of page

“Antropoceno” é o enredo da Unidos da Ponte para o carnaval 2025

Logo oficial

A Unidos da Ponte já tem enredo para o Carnaval 2025, com o qual a Agremiação de São João de Meriti irá lutar pelo acesso ao Grupo Especial. Desenvolvido pelos carnavalescos Rodrigo Marques e Guilherme Diniz, que retornam à Escola após um ano de ausência, e sob o título de “Antropoceno”, a Azul e branca levará para a Sapucaí uma profunda reflexão sobre o mundo em que vivemos, notadamente sobre a relação do Homem com o Planeta Terra, com destaque para os desafios ambientais que o mundo contemporâneo enfrenta, especialmente no que diz respeito ao uso crítico dos recursos naturais e à exploração desenfreada impulsionada pela visão capitalista predominante.


Neste contexto, a abordagem insustentável tem resultado em impactos devastadores, como a degradação de ecossistemas, a perda de biodiversidade e o aumento das mudanças climáticas. Essa exploração desenfreada não apenas ameaça a estabilidade dos sistemas naturais, mas também compromete a qualidade de vida das comunidades humanas e a sobrevivência das futuras gerações.


Sob a direção artística dos carnavalescos Rodrigo Marques e Guilherme Diniz, o enredo desempenha um papel crucial ao evidenciar a urgente necessidade de ações responsáveis. Ao integrar a cosmovisão e os conhecimentos ancestrais dos povos indígenas, o enredo busca fomentar uma nova consciência ambiental que valorize a harmonia entre a humanidade e o planeta terra.


De acordo com o carnavalesco Rodrigo Marques, o enredo tem como objetivo despertar conscientizações e incentivar o adiantamento do fim do mundo.

No Carnaval 2025, a Unidos da Ponte desfilará pela Série Ouro do Carnaval carioca.

Comments


dba36d_ed1833afb2024b58a83564e5ff3597ff_mv2.png
20230401_140001.png
bottom of page